BRASIL, Centro-Oeste, Mulher, de 26 a 35 anos

 

   

    UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis


 

 
 

   

   


 
 
Enfermagem



O vilão HPV

Saúde da Mulher:  "Human Papilomavirus", o que significa Papilomavírus Humano ou HPV

Esse vírus tem predileção por tecidos de revestimento (pele e mucosas) e provocam na região infectada alterações localizadas que resultam no aparecimento de lesões decorrentes do crescimento celular (células) irregular. Estas lesões são denominadas verrugas ou vulgarmente conhecidas como "crista de galo".


Pode se instalar em qualquer região do corpo, bastando haver uma porta de entrada através de micro-abrasões (micro-traumas) da pele ou mucosa. Já se detectou o vírus não só na região genital, mas também extragenital como olho, boca, faringe, vias respiratórias, ânus, reto e uretra. E ainda, sua presença foi encontrada no líquido amniótico (líquido que envolve o feto na vida intra-uterina).


Existe tratamento para o HPV e pode ser feito através de diversos métodos, cada um com suas limitações e com variados graus de eficácia e aceitabilidade por parte do paciente. Estes métodos podem ser divididos em químicos, quimioterápicos, imunoterápicos e cirúrgicos.

Seu médico deverá orientá-lo sobre o melhor tratamento para seu caso, entretanto o uso de preservativos é mandatário e apoio psicológico pode ser necessário para orientar o diálogo com parceiros e a compreensão correta do problema.

Como não existe tratamento definitivo para os vírus em geral, o combate a esse tipo de microorganismo depende muito do sistema imunológico de cada um. Em relação ao HPV são inúmeras as modalidades de tratamento, cada qual com suas características de ação e efeitos colaterais. Sendo assim fica claro que nenhuma delas pode ser considerada como terapêutica única e ideal.

Felizmente a maioria dos pacientes que entram em contato com o HPV tem a capacidade de eliminá-lo espontaneamente, desse modo apenas uma porcentagem das pessoas infectadas irão ser submetidas aos tratamentos propostos. Alguns pacientes irão permanecer com o vírus na forma latente, e outros imunologicamente mais comprometidos irão permanecer com a infecção clínica recorrente.


Fonte:http://www.virushpv.com.br/novo/tratamento.php



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 12h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Pompoar

Saúde da Mulher: Exercicío para musculatura pélvica (pompoar)...

Para Kizzy Ariadne

Esses exercícios são para o fortalecimento da musculatura do assoalho pélvico, principalmente dos músculos pubococcigeos (PC) é fator de saúde para a mulher que tonifica a parede vaginal, melhorando seu desempenho sexual enquanto protege sua vagina contra o afrouxamento da região pélvica, causada por partos, excesso de ocorrências inflamatórias (vaginites etc.) ou pela própria idade. (a mulher começa a modificar sua estrutura vaginal a partir dos vinte e cinco anos). Quanto mais cedo começar a prática dos exercícios, maior os benefícios. 

Vale lembrar Kizzy, Fernanda, Mirna e Lívia:  Todas as mulheres se beneficiam com os exercícios. 

Aumento do tônus muscular, melhora na resposta e na circulação da energia sexual, resgatando (religando) nossa base, cuja percepção foi seriamente comprometida na infância pela criação, moral, conceitos religiosos etc.

Mais antes de sair por procurando esses exercicíos, consulte um ginecologista...
   
Um abraço, uma dica


 

Fonte: http://www.pompoarte.com.br/oqpompoar.asp

 



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 12h21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




o milagre da vida...



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 11h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Preservativo

Você conhece o preservativo feminino?

O preservativo feminino protege contra gravidez quase tão bem quanto o diafragma.

Sua porcentagem de falha é de 21%.


- O preservativo feminino dá às mulheres uma maneira de se proteger contra algumas doenças sexualmente transmissíveis.

Da mesma forma que preservativos de látex para homens, nem o vírus da AIDS (HIV) nem o vírus da hepatite B podem penetrar o poliuretano do preservativo para mulheres.


- É menos provável que o poliuretano cause uma reação alérgica que um preservativo de látex masculino.


- O preservativo feminino é menos propenso a romper ou rasgar.


- Não é necessário prescrição médica.


- O preservativo feminino confere uma oportunidade às mulheres de dividirem a responsabilidade pelo uso de preservativos com seu parceiro.

Um abraço, uma dica


 

Fonte: http://boasaude.uol.com.br/lib/showdoc.cfm?libdocid=3250&fromcomm=4&commrr=src



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 10h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Saúde da Mulher: A candidíase está associada ao uso de antibióticos, anticoncepcionais, corticóides e imunossupressores, além de gravidez, alergias, depressão, diabete melito ou qualquer outro fator que leve a uma queda da imunidade.

Também conhecida como monilíase vaginal, é uma doença causada por um fungo geralmente presente no trato gastrointestinal e região perianal. A espécie mais freqüente é a cândida albicans.

O local mais comumente acometido é a região vaginal, mas nada impede que comprometa outras áreas, como por exemplo: a região inguinal, perianal e oral.

A candidíase continua sendo uma das causas mais frequentes de consultas da mulher ao ginecologista. Este é um fungo que naturalmente faz parte do organismo, mas se torna um problema quando ele sai de controle e cresce em demasia. Ele começa a crescer em quantidades desproporcionais quando as defesas do organismo ou da região vaginal diminuem. Sabe que o fungo cresce muito bem em meios ácidos, como o da vagina.

O controle deste crescimento depende da presença de outros microorganismos da microbiota (floral) vaginal normal. A candidíase aparece quando ocorre um desequilíbrio entre os integrantes da microbiota (flora) vaginal normal.

Com relativa frequência a candidíase está associada ao uso de antibióticos, anticoncepcionais, corticóides e imunossupressores, além de gravidez, alergias, depressão, diabete melito ou qualquer outro fator que leve a uma queda da imunidade.

Sintomas mais freqüentes

Ardor ao urinar.
Prurido vaginal e anal.
Dor durante as relações sexuais.
Corrimento branco, em grumos, parecido a leite coalhado.
Pequenas manchas vermelhas no pênis com prurido e edema.
Nos casos mais sérios, podem ocorrer distúrbios gastrointestinais e respiratórios.

Diagnóstico

Realizado através de exame ginecológico e análise da secreção vaginal.

Tratamento

O tratamento da candidíase se processa em várias etapas, desde a eliminação das causas que facilitam a proliferação descontrolada dos fungos, passando pelo uso de antimicóticos orais e na forma de pomadas. O parceiro deverá ser sempre tratado em conjunto.

Recomendações Extras

Evite o consumo de açúcar.
Evite ingestão de álcool e fumo.
Evite o uso de absorventes internos.
Evite o uso de roupas muito apertadas.
Evite o uso de roupas íntimas sintéticas.
Mantenha sempre as partes íntimas bem secas.

Prevenção de transmissão

Use sempre camisinha nas relações sexuais



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 10h40
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Saúde da Mulher: Ser mãe

 

Prazer em ser mãe

 

A vida de mãe é uma aventura: não dorminos, engordamos, ficamos chatas e como diz meu pequeno de 3 anos.. mamãe tá estressada. Minha sobrinha de 5 anos fala para minha irmã você tá surda... e assim por diante... a mãe moderna se desdobra:trabalha, estuda é dona de casa...

Quando fui mãe, tinha 22 anos, estava cursando faculdade, estava desempregada e sozinha... Lembro como foi dificil assumir uma responsabilidade de cuidar, tive o apoio da minha família, lutei e tenho prazer em ser mãe.

Ser mãe é fisiologicamente natural do sexo feminino, implica um comprometimento, mudança de consciência, é eterno, somos responsáveis pela formação social e moral de cada cidadão que geramos...

Como é gostoso ouvir um mamãe eu te amo, você é minha vida, que soa suave...

Não fácil ser mãe, colocar limites, impor respeito, educar...

Aquelas mulheres que optam por ser mãe, vão enfrentar uma jornada eterna, ... alguém sempre dependará dos cuidados dela, indepente da idade, como aquele velho ditado: mãe não veem os filhos crescerem... será sempre meninas e meninos.

Realmente, penso que ser mãe é um decisão de amor e respeito.

UM ABRAÇO, UMA DICA....

 



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 10h19
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Saúde da Mulher: Sexo oral

Nem tudo é festa...

Você pode adquirir inúmeras doenças sexualmente transmissíveis - (DSTs) pelo sexo oral, caso você tenha algum sangramento, como o sangramento gengival, aftas ou quaisquer tipos de lesões na boca, que exponham o tecido conjuntivo e, que na ocasião em que este processo ulcerativo estiver presente, ele acabe entrando em contato com uma pessoa que seja portadora da doença e que tenha também qualquer pequena ulceração.

As doenças sexualmente transmissíveis mais freqüentemente transmitidas ou adquiridas na boca são: Herpes, HPV, Sífilis, AIDS, Gonorréia, Cancro Mole, Candidíase; Uretrites, porém podemos considerar que em certos casos, as Hepatites A, B, C podem ser transmitidas pelas relações sexuais, assim com, gripes, hanseníases (saliva e secreções), etc, portanto, poderíamos considerá-las como Doenças Sexualmente Transmissíveis - DSTs. O relacionamento sexual seguro, sempre deve ser com preservativo e uma excelente higiene bucal, devemos ainda enfatizar que é fundamental uma excelente higiene bucal, por meio da escovação, utilização do fio dental corretamente e cremes dentais que contenham formulação anti-séptica, além de utilizar como co-adjuvantes enxaguatórios bucais com formulação anti-séptica. Estes procedimentos citados são a melhor forma de prevenção das Doenças Bucais Sexualmente Transmissíveis.

Um abraço, uma dica...


fonte: http://www.terra.com.br/saudebucal/colgate/lista_duvidas_2008_05.html



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 17h15
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Saúde da Mulher

Saúde da Mulher:  dor na relação sexual

A dor que ocorre durante a relação sexual tem, na maioria das vezes, causas orgânicas, essa dor tem um nome bem curioso DISPAURENIA. Os fatores psicológicos também podem estar envolvidos. Nesses casos, pode haver associação com trauma sexual prévio, sentimentos de culpa ou atitudes negativas em relação ao sexo.

Consulte seu ginecologista o exame físico minucioso, com identificação das áreas dolorosas, inspeção detalhada para verificar alterações da anatomia e a presença ou não de lesões vulvares, na maioria das vezes, demonstra a causa. Atentar para causas que podem diminuir a lubrificação vaginal e causar atrofia vulvovaginal, como a menopausa ou o uso de alguns medicamentos.

Infecções vulvares, vaginais, doença inflamatória pélvica, endometriose, retroversão uterina, miomatose, patologias dos anexos (ovários e trompas), aderências pélvicas ou doenças do trato urinário também provocam dor na relação sexual.

O tratamento deve ser direcionado para a causa do problema.

Um abraço, uma dica...


 

fonte:http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?136



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 16h59
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Saúde da Mulher: Doenças que estão nos atingindo, como prevenir...

Hipertensão Arterial ou Pressão Alta, pratique atividade fisica adequada, tenha uma alimentação saúdavel e pouco sal, não fumar, evitar bebidas alcoolicas, controlar o peso, colesterol, pressão alta e glicemia.

Diabetes, controlar o peso, atividades físicas, consumir alimentos saúdaveis.

Câncer, ir ao médico pelo menos uma vez por ano, fazer exames preventivos, evitar sol em excesso, não fumar...

Doença Sexualmente transmissiveis:  usar a camisinha feminina.

Nunca tome remedios por contra própria e nem siga conselhos de amigos.

Um abraço, uma dica...



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 16h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Transmissão Vertical do HIV

Saúde da Mulher: prevenindo a transmissão vertical do HIV

 

É a transmissão do vírus da Aids (HIV) da mãe para o bebê, durante a gravidez, na hora do parto ou através do aleitamento materno.

A gestante deverá utilizar a camisinha durante toda a gravidez para evitar a transmissão de doenças sexualmente transmissiveis ( DST's).

A mãe HIV+ não deverá amamentar o seu bebê porque o virus HIV é transmitido pelo leite. Neste caso, o bebê tem direito de receber leite artificial gratuitamente até o 6º mês de vida nos Serviços de atendimento Especializados em DST/AIDS

Nenhuma mulher deve pedir para outra amamentar seu filho, mesmo sendo parente, amiga ou conhecida porque o vírus HIV pode ser transmitido desta forma.

 



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 16h37
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Saúde da Mulher: Sindrome Disfórica pré-menstrual

Você que apresenta acentuado humor depressivo, sentimentos de desesperança ou pensamentos de autodepreciação, além de ansiedade, tensão, irritabilidade, falta de energia, mudança de apetite, insônia e outros sintomas físicos: sensibilidade, edema mamário, cefáleia, dor muscular ou articular, sensação de inchaço, ganho de peso, poderá está sofrendo de Sindrome Disfórica pré-menstrual.

Conhecida como tensão pré-menstrual, é uma forma mais severa, afeta 3 a 8% das mulheres em idade reprodutiva. Caracteriza-se pela combinação de humor depressivo, irritabilidade, ansiedade.

A etiologia exata desta sindrome ainda é desconhecida, uma vez que envolve componentes biológicos, químicos e psicológicos. Os sintomas iniciam 10 a 14 dias antes da menstruação com término após o início da mesma. Além disso, há relato de interferência em relações sociais, profissionais e familiares.

Embora a lista de sintomas seja longa, a maioria das mulheres sentem apenas alguns destes sintomas acima. 

 



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 16h26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Contracepção de emergência

É um método que pode ser usado pelas mulheres para evitar uma gravidez inesperada

depois de uma relação sexual desprotegida, onde houve falha potencial de um método anticoncepcional.

A eficácia da contracepção de emergência é de cerca de 95% quando a 1ª dose

 é tomada nas 1ª após a ocorrência de uma relação sexual desprotegida.

Podendo ainda ser tomada até 72 horas depois da relação,

obtendo uma eficácia menor. A segunda dose deve ser tomada sempre

12 horas após a1ª. Se ocorrer vômito até 2 horas após a ingestão

do comprimido, a dose deve ser repetida.

 

Não protege contra DST/AIDS. Faça sexo seguro. Use camisinha.

Um abraço, uma dica.



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 20h12
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Câncer de Mama

Um nódulo na Mama não significa necessariamente Câncer

Não se assunte se você observar alguma alteração de suas mamas.

Na maioria dos casos trata-se de alterações relativmente inofensivas, como por exemplo:

* uma diferença entre as duas mamas não observada até agoa ( forma, consistência).

* uma leve congestão da mama em relação com o período menstrual.

* dores mamárias fisiológicas ou devido a uma pílula anticoncepcional inadequada.

* uma cavidade cheia de líquido (cisto).

* um tumor benigno do tecido conjuntivo

Podem existir também várias outras enfermidades inofensivas. Consulte um profissional.

 

Um abraço, uma dica....


 

fonte: Liga Suiça contra o câncer



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 18h53
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Música certa, hora certa



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 16h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Você já observou a coloração de seu XiXi?

Perceba que a mudança de cor na sua urina pode significar que algum não vai bem ...

surpreso Sintomas    

Cor escura, dores fortes                                                                   

 Em dúvida Causa provável    

     Cálculos nos rins e na bexiga                                           

Doente Tratamento

A técnica menos invasiva e mais moderna é a litotripsia extracorporéa, em que um aparelho emite ondas capazes de bombardear as pedras.

Em dúvida Caso perceba que sua urina está:

Cheiro forte e gotas de sangue no final do jato        

Poderá ser uma : Cistite, infecção urinária quq atinge a bexiga        

Tratamento: Antibióticos prescrito por um médico

 Em dúvida Urina com consistência leitosa e coloração turva                          

  Infecção Urinária ou desidratação                

Contra a desidratação,  tome bastante líquido ou  soro e, em caso suspeite de uma infecção  procure um médico.   

Em dúvida Urina, lingua e olhos muitos amarelados                          

Poderá ser sintoma de Hepatite A                                                    

Tratamento  o médico pode receitar repouso e dieta.      

Em dúvida   Fique em alerta se sua urina apresentar Cor avermelhada                                                                

Causa provável pode ser decorrência da ingestão de   alimentos                                                      

alimentos ricos em betacaroteno ( como Beterraba) ou até mesmo sinal de câncer de bexiga

Tratamento:

Se for excesso de betacaroteno, beba água para diluir a urina. Em caso de câncer,  médico fará o diagnostico correto e tratamento adequado.

Um abraço, uma dica...

 


 

Fonte: Fabricio Borges Carrete, urologista.                                                       



Escrito por esp. enf. Andreia Pereira às 11h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]





[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]